11 de agosto de 2012

Capítulo 17 - HOT + Detalhado.

~~Íris POV~~

Eu saí da cozinha a procura do Zayn, mas chego na sala e não o vejo, mas pera aí? Aquilo é um topete atrás do sofá?! Não deu nem 2 segundos e o topete me "atacou" e me derrubou no chão, eu ia gritar pra ele sair de cima de mim, mas ai ele me beijou, e que beijo bom! Era simplesmente PERFEITO! Nós nos amávamos, então tudo ficava mais intenso... e com intenso quer disser bem mais... QUENTE!
Mas eu não sabia se 'aquilo' era certo, ok que eu tinha meus 18 anos, ok que eu era de maior, ok que estávamos sozinhos em casa, ok que eu o amava, ok que ele também me amava, mas eu não estava completamente pronta para aquilo..mas ele era tão doce, tão paciente a cada beijo, tão meu, sabe? Eu queria ele, queria mesmo. 
Enfim, eu estava pronta, tinha que ser.. acho que sim. Ah, vou é aproveitar o momento.. 

Me concentrei nele. Em nós. Ele estava por cima de mim, me beijando, e uma de suas mãos acariciava minha cintura, analisando cada curvinha. A sua outra mão acariciava minha coxa indo da barra do meu short até a dobra do meu joelho. Eu bagunçava seus cabelos e arranhava levemente suas costa o fazendo suspirar entre os beijos. Ele começou a beijar meu pescoço e ia descendo fazendo uma trilha de beijos delicados e eu suspirava a cada toque. Ele percebeu que a blusa já estava atrapalhando sua trilha de beijos, então a tirou e a jogou para algum canto da sala que pouco me importava. Continuou a trilha sem tirar meu sutiã, ainda, e continuou até a barra do meu short e em poucos segundos eu já estava semi nua. Eu estava ficando agoniada, meu corpo queria mais e mais! E ele todo calmo, paciente e cuidadoso. Depois de um tempo percebendo a desvantagem tratei de me colocar no comando. Fiquei em cima dele e tirei-lhe a blusa, depois, com um olhar malicioso, comecei a acariciar seus músculos definidos e rebolava um pouco no seu colo. Ele me olhava com muito desejo e excitação, mas me deixava no comando, mas pude ver um pouco de indignação no seu olhar. Levantei uma sobrancelha como que perguntando o que foi e ele disse:

Ele: Quer brincar é? *misteriosamente*

Eu: A noite toda... :9 *safadamente*

Ele: Então vamos brincar... *maliciosamente*

Ele inverteu nossas posições e agora pude perceber que ainda estávamos no chão da sala. Ele se levantou e me pegou no colo indo em direção ao quarto. Enquanto ele me carregava eu beijava seu pescoço e passava a mão pelo seu tórax e costas. 
Chegamos o quarto e ele me deitou na cama ficando novamente por cima de mim.
Nossos corpos não estavam colados agora, apenas próximos, então passei por baixo dele, indo em direção a sua calça, a desabotoei, inverti nossas posições, ficando por cima, e fui tirando sua calça devagarzinho, depois dela já ter sumido em algum lugar do quarto, eu fiquei de quatro em cima dele, ia acariciando seu tórax e rebolava em seu colo, pude perceber um volume em baixo de mim, onde devia estar a Malikonda. Fazendo um olhar malicioso me aproximei dele e comecei a beija-lo ferozmente, ele inverteu nossas posições sem interromper o beijo, depois de um tempo ele começou a passar as mãos nas minha costas, como que procurando alguma coisa.

Eu: Zayn, o sutiã é frontal. *ri*

Ele: Mulheres. T.T

Ele consegue tirar e volta a me beijar, acariciando um dos meus seios, depois de um tempo ele passou a mão pela lateral do meu corpo indo em direção as minhas pernas, ele acariciava docemente a lateral da minha bunda, e percebi que ele estava muito exitado, tipo, muito mesmo, ele parou o beijo por falta de ar, então disse:

Ele: Íris, eu te amo, amo muito mesmo.. então por essa noite, e todas outras mais... seja minha?

Eu: Até que a morte nos separe. - respondi.

Ele não pensou duas vezes e voltou a me beijar, em seguida começou a tirar minha calcinha e ao mesmo tempo fazendo uma trilha de beijos até meus seios. Hmm, Mr. Malik é multitarefa. KKK, Eu estava completamente nua e sem pensar duas vezes ele introduziu um dedo na minha intimidade, primeiro testando a delicadeza do meu corpo e então deslizando inteiro para dentro de mim. Eu já estava molhada por conta do desejo, meu corpo inteiro ardia por ele, eu gemia baixinho o deixando mais exitado, se é que era possível, então respirei fundo enquanto saboreava a nova sensação de contato. Entre os beijos e sem parar os movimentos de vai e vem, ele falava, "eu te amo", "você é perfeita", eu apenas tentava sorrir ou responder "você é mais" ou "eu também te amo". A sensação de sua língua em minha boca, suas mãos audaciosas explorando meu corpo... em seguida ele enfiou mais um dedo fazendo com que eu gemesse alto, ele tentava abafar o gemido com beijos, mas nos já estávamos igualmente muito exitados, precisávamos de mais, era um desejo animal tomando conta de nós. Tirei sua mão de dentro de mim e comecei a tirar sua cueca box preta em movimentos sensuais, ele mordia o lábio inferior, morrendo de desejo, comecei a brincar com seu amiguinho, ele jogou a cabeça para traz e respirava pesadamente, depois de um tempo parei, aí apareceu uma camisinha, ele a colocou, então voltou a me beijar e em seguida cravou-se dentro de mim, os movimentos de vai e vem me levaram a loucura, primeiro lentos e controlados, com um receio de me machucar, mas depois com investidas rápidas e prazerosas, eu arranhava suas costas sem medir forças, provavelmente ficariam marcadas, mas ele gemia alto tanto quanto eu, ele observava meu rosto, meio que avaliando como cada ângulo e movimento me afetavam. 
Nós nos movíamos em ritmo, e suas investidas se tornaram mais selvagens, um pouco menos precisas, como se quisesse me possuir, rsrs, ele não me machucava, e parecia saber como reagir a cada movimento meu. Percebi desde muito longe que alguém fazia barulho alem dos gemidos, percebi que era eu, que me movia de tal forma que fazia a cama balançar e fazer barulhos como "NHEC NHEC" (viajei agora KKK) Eu estava perdendo o contato com o mundo ao meu redor e a coerência de meus pensamentos, as únicas coisas que vinham em minha mente eram "Serei sua por toda a eternidade" e "Nunca me abandone". Meu corpo ansiava chegar ao ápice, o incentivei erguendo meu corpo de encontrou ao seu e arranhando suas costas, apertando seus músculos, mas acho que não havia mais espaço algum entre nos. Poucos segundos depois chegamos ao prazer juntos, nenhum som saiu de seus lábios, ele apenas fechou os olhos e aproveitou o momento, estremecendo de prazer, eu gritei alto, e se nossos vizinhos estivessem em casa com certeza teriam escutado. 
Quando terminou, seu corpo ainda trêmulo com a força do orgasmo, ele rolou de cima de mim e ficou deitado de costas, transpirando visivelmente satisfeito. Voltei-me para ele, apoiando a mão espalmada sobre seu peito, admirando os músculos definidos e o bronzeado de seu corpo.

Eu: Você é lindo sabia..? Eu te amo tanto Zayn..

Ele: Você é muito mais linda, a mais linda de todas, eu te amo. 

Ele disse passando a mão pelo meu cabelo. O suor escorria por meu corpo também, deixando algumas mechas úmidas e mais onduladas que o normal. 

Ele: Eu te amo pequena, e você é eternamente minha..

Eu: Zayn, eu também te amo, e amo MUITO, mas tenho medo que isso seja apenas um lance, sabe?

Ele: Xiu! Nunca diga isso de novo! Pode acreditar em mim, ficaremos juntos, você é a garota da minha vida, eu quero passar toda a eternidade dormindo ao seu lado.

Eu: Eu te amo...

Estava muito cansada, depois de tudo, hehe, deu uma ultima olhada no relógio e eram 22:13h... será que o pessoal que estava na festa estava se divertindo? Não mais do que a gente com certeza! KKK, então dormi, pensando num lindo futuro com o Zayn. 





NOTAS:
Geente, sei que demorou, e MUITO, 
mas esta aí o Cap, foi bem detalhado hein? 
Continuo com 6 comentários.

14 comentários: